Submissões

Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores devem verificar a conformidade da sua proposta em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas.
  • A submissão é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação por outra revista. Caso contrário, deve justificar-se a submissão em "Comentários ao Editor".
  • Línguas de trabalho: os textos propostos para publicação podem ser redigidos em português, inglês, francês ou espanhol.
  • Aceitam-se ficheiros de texto em formato OpenOffice, Microsoft Word ou RTF, e ficheiros de imagem em formato JPEG ou TIFF.
  • O texto do artigo segue os padrões de formatação e referenciação descritos nas Intruções para Autores, na secção Submissões.
  • Os artigos enviados para a secção temática de cada número devem adequar-se ao tema proposto na Chamada de Trabalhos publicada na página da revista. Para a secção Varia, os artigos são de tema livre, desde que correspondam aos objectivos e ao âmbito geral da Compendium.
  • As recensões devem incidir sobre obras literárias, artísticas ou teórico-críticas dentro do âmbito temático da revista, publicadas nos últimos dezoito meses tendo em conta o número da Compendium para o qual o texto é submetido.
  • As entrevistas propostas à Compendium devem dirigir-se a escritores, artistas, críticos, investigadores ou outras personalidades cuja actividade profissional se relacione com o âmbito temático da revista.
  • Todos os autores formalmente associados aos textos propostos para publicação preenchem os critérios de autoria, tendo lido e aprovado a versão submetida. Os textos publicados são da responsabilidade dos respectivos autores.
  • O cumprimento dos direitos de cópia para reproduções de imagens e texto deve ser assegurado pelos próprios autores. Devem também ser apresentadas as autorizações solicitadas para a publicação de dados sobre pessoas que possam ser identificadas.
  • Os autores aceitam colaborar plenamente no processo de revisão posterior à aceitação do seu artigo. No caso do incumprimento desta colaboração, o artigo não poderá prosseguir para a fase de publicação, ainda que tenha sido aceite pelos avaliadores.
  • O texto apresenta espaçamento duplo e usa uma fonte de tamanho 12; usa o itálico e não o sublinhado; e todas as ilustrações, figuras e tabelas estão inseridas no local correspondente no corpo do texto, e não no final.

Instruções para Autores

ARTIGOS


I. Extensão e Componentes

  1. Os artigos devem ter entre 6.000 e 8.000 palavras, incluindo resumo, notas e bibliografia.
  2. Compendium publica em português, inglês, francês e espanhol. As citações de fontes bibliográficas noutras línguas devem estar traduzidas ou ser acompanhadas de uma tradução.
  3. Os artigos apresentados devem incluir os seguintes elementos:
    a) título (máximo de 100 caracteres com espaços);
    b) “Resumo” na língua do texto e “Abstract” em inglês (entre 150 e 250 palavras);
    c) 4 a 6 palavras-chave que não surjam no título do artigo;
    d) corpo do texto, com subsecções numeradas e intituladas, se aplicável, de acordo com as normas de formatação apresentadas abaixo;
    e) “Referências” de acordo com as normas apresentadas abaixo.

NOTA: Para além do ficheiro do artigo, a submissão deverá incluir um segundo documento com uma breve nota biográfica do/a autor(a), até 150 palavras, contendo categoria profissional, grau académico e filiação institucional (departamento, universidade, cidade, país).


II. Formatação

Aspectos gerais

  1. Os artigos apresentados à Compendium devem seguir o MLA Style (9.ª edição).
  2. O ficheiro deve apresentar numeração de páginas, margens de 2,5 cm, espaçamento duplo e tipo de letras Times New Roman, tamanho 12.
  3. Todos os artigos serão conferidos e pré-avaliados pelos editores antes do envio aos avaliadores anónimos.


Corpo do texto

  1. A primeira linha dos parágrafos não destacados deve ter um recuo de 1,5 cm.
  2. Os títulos de subsecções devem ser numerados e estar a negrito, sem indentação.
  3. Os títulos em português e inglês mencionados no texto, nas notas e na bibliografia devem usar maiúsculas na primeira letra de todos os nomes, adjectivos e verbos. Os títulos em francês e espanhol, bem como noutras línguas românicas, devem usar maiúscula apenas na primeira palavra e nos nomes próprios.
  4. Deve usar-se o itálico nos títulos de livros, filmes, peças de teatro, revistas, jornais e outras obras.
  5. Os títulos de artigos e capítulos de livros devem surgir entre aspas.
  6. Os títulos de poemas e contos devem surgir entre aspas, exceptuando os casos em que se esteja a fazer referência a uma publicação autónoma das obras.
  7. Os nomes próprios devem estar completos na primeira referência, a partir da qual se dará preferência ao último nome. Por exemplo: “Luís Vaz de Camões” na primeira ocorrência e “Camões” nas ocorrências seguintes.
  8. Citações em prosa com cinco linhas ou mais, ou mais de 40 palavras, devem ser destacadas. Citações de poemas com três versos ou mais devem também ser destacadas do corpo do texto.
  9. As citações destacadas devem ter um recuo semelhante ao de parágrafo, com espaçamento simples e tamanho de letra Times New Roman 10.
  10. Deve usar-se notas de rodapé, e não notas finais, em número estritamente necessário.
  11. É possível incluir nos artigos imagens em número estritamente necessário.

Referências

  1. No final do artigo, os autores devem incluir uma lista de todas as obras citadas sob o título de secção “Referências”. Para mais informação sobre a formatação de referências, consulte o MLA Style.
  2. Todas as obras mencionadas ao longo do texto devem surgir nas “Referências”.
  3. É necessário incluir a cidade de publicação para obras em papel, bem como o intervalo de páginas correspondente no caso de capítulos de livros e artigos.
  4. Os títulos de obras em português e inglês devem usar maiúsculas na primeira letra de todos os nomes, adjectivos, verbos e advérbios. Os títulos em francês e espanhol, bem como noutras línguas românicas, devem usar maiúscula apenas na primeira palavra e nos nomes próprios.


III. Arbitragem Científica (Double Blind Peer Review)

Os autores serão notificados pelos editores da recepção do seu artigo e da elegibilidade ou inelegibilidade do mesmo. Todos os manuscritos elegíveis serão encaminhados para avaliação anónima. A decisão de publicação será tomada pelos editores tendo em conta os pareceres emitidos pelos avaliadores. A totalidade deste processo pode requerer alguns meses. É muito frequente que os avaliadores sugiram alterações superficiais ou de profundidade nos textos originais. Estas sugestões serão encaminhadas para os autores juntamente com outras recomendações dos editores sempre que aplicável. A publicação final do artigo dependerá da realização das alterações recomendadas.


Nota sobre as secções RECENSÕES, TRADUÇÕES e ENTREVISTAS


Recensões, traduções e entrevistas que não tenham sido solicitadas aos autores devem ser propostas aos editores da revista antes da submissão do documento. As propostas devem incluir toda a informação considerada essencial para a sua apreciação e devem ser enviadas para o e-mail:
compendium@letras.ulisboa.pt


RECENSÕES

A recensão crítica não deverá apresentar título próprio, sendo identificada pelo nome do autor e pelo título da obra recenseada (Negrito, Times New Roman 12), seguidos, quando aplicável, das indicações de edição, data e número de páginas, ou data de estreia ou abertura e duração. O corpo do texto deve seguir as normas de formatação dos artigos.

Exemplos:

Livros

PETER BROOKS. Realist Vision. New Haven e Londres: Yale University Press, 2005, 255 pp.

KELLY BENOUDIS BASÍLIO e FELIPE CAMMAERT, organizadores. Naturalismos: De Lucrécio a Lobo Antunes. Vila Nova de Famalicão: Húmus, 482 pp.

Filmes

LÉOS CARAX, realizador. Annette. 2021, 141 min.

Exposições

Visões de Dante. O Inferno segundo Botticelli. Comissariado científico de João Carvalho Dias e Maria Helena Borges. Lisboa, Museu Calouste Gulbenkian, 24 de Setembro a 29 de Novembro de 2021.

Cada recensão pode incidir sobre uma obra ou várias obras e ter entre 1.000 e 3.000 palavras. A recensão deve oferecer aos leitores uma discussão crítica da(s) obra(s), rigorosa e fundamentada, podendo seguir como ponto de partida a estrutura e os pressupostos apresentados abaixo.

  1. Introdução. Descrição ampla do tópico e/ou do problema abordado na obra em questão. Esta secção pode consistir, por exemplo, no resumo da tese principal de um volume ensaístico ou na apresentação das linhas gerais de uma obra cinematográfica.
  2. Sobre o/a autor(a) ou os autores. Informação bibliográfica sucinta relativa aos autores ou organizadores do título recenseado, com um enquadramento geral, se aplicável, na sua obra, carreira e área de estudos ou criação.
  3. Resumo dos conteúdos. Indicação e breve descrição das partes ou dos objectos do título recenseado (por exemplo, capítulos temáticos ou obras pictóricas incluídas).
  4. Pontos fortes. Identificação de algumas áreas em que o título recenseado é particularmente bem-sucedido. No caso de um trabalho académico, esta secção deve apresentar o seu maior contributo para a área de estudos em que se insere.
  5. Fragilidades. Identificação, se aplicável, de algumas áreas em que o título recenseado podia ser melhorado. Aqui, pode incidir-se com respeito, coerência crítica, espírito construtivo e impessoalidade sobre incorrecções, omissões ou aspectos que não foram explorados com profundidade suficiente.
  6. Conclusão. A recensão deve concluir com um resumo da visão geral do/a recenseador(a). Neste passo, podem também ser identificados os públicos a que o título recenseado se dirige, ou os que mais teriam a ganhar de um contacto com ele.


TRADUÇÕES

A Compendium aceita propostas de tradução de artigos, capítulos de livros, entrevistas ou textos literários que abordem assuntos relevantes para a área dos estudos comparatistas e das suas diversas vertentes, desde que a tradução seja inédita. A tradução proposta deve ser antecedida de um resumo de 100 a 150 palavras a explicar a sua relevância. É da inteira responsabildade dos tradutores garantir que detêm os direitos de publicação do texto traduzido.


ENTREVISTAS

Os textos das entrevistas propostas aos editores da Compendium e aceites para publicação devem apresentar título e afiliação de autor(es), seguindo as normas de formatação referidas para os artigos.

No corpo da entrevista, os nomes dos entrevistadores e dos entrevistados devem preceder o texto e surgir a Negrito, Times New Roman 12; após a primeira ocorrência, devem ser identificados apenas pelas iniciais.

Duas linhas após o fim do texto, deve constar o lugar e a data de realização da entrevista, em itálico e com alinhamento à direita.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.